Prefeitura municipal de itabuna

logotipo-021

Itabuna adota estratégias emergenciais para enfrentar a falta de medicamentos.

Itabuna tem enfrentado o mesmo cenário de falta de medicamentos que tem afetado farmácias, hospitais e unidades públicas de saúde de todo o país. Para manter o estoque de medicamentos abastecido, a Prefeitura de Itabuna tem enfrentado dificuldades. A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Divisão de Assistência Farmacêutica tem adotado estratégias emergenciais para não enfrentar o desabastecimento total de alguns medicamentos.
A secretária municipal de Saúde, Lívia Mendes, informa que está sendo difícil adquirir medicamentos básicos como antibióticos, antitérmicos e até soro fisiológico. “Para não deixar o município desabastecido nós estamos realizando novos processos para aquisição dos medicamentos que estão em falta, sendo necessário, no entanto, comprar até mais caro para não deixar o município em falta e em muitos casos nem pagando a um preço maior encontramos”, explica.
A Secretária completa informando que em razão dessa dificuldade também está sendo necessário racionar o uso desses medicamentos e produtos, a exemplo do contraste que é adquirido pelos prestadores de serviço e que é muito utilizado em procedimentos cardíacos. Para estes produtos, a prioridade de uso está sendo para os casos de urgência. Para os procedimentos eletivos a recomendação do momento é aguardar a situação normalizar.
De acordo com dados de uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), mais de 80% dos gestores relataram sofrer com a falta de remédios para atender a população. Em Itabuna, entre os medicamentos que o município tem enfrentado dificuldades para comprar estão Dipirona, Amoxilina e Soro Fisiológico.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn