Prefeitura municipal de itabuna

logotipo-021

Prefeito Augusto Castro cobra medidas contra má conduta de médica pediatra no Hospital Manoel Novaes

O Prefeito Augusto Castro tomou conhecimento da denúncia de uma mãe que, por meio das redes sociais, relatou que foi mau atendida por uma médica pediatra no Hospital Manoel Novaes, no último final de semana. Consternado, lamentou ouvir tais condutas e como pai e gestor municipal, se solidariza com a família em questão e ainda, com os outros diversos relatos que informam a recorrência da situação de má conduta na atuação dessa profissional e diante disso, coloca-se à disposição para auxiliar na resolutividade do problema, cobrando, inclusive, uma resposta da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna.

O prefeito destaca ainda que o desrespeito e o mau atendimento por parte de profissionais de saúde é inaceitável e não deve ser tolerado. “Cada vez mais precisamos garantir que estes profissionais ofereçam atendimento de qualidade e respeito com os pacientes”, declarou. A gestão do prefeito Augusto Castro tem a saúde municipal como prioridade, conforme prometido em campanha, com investimentos nunca vistos antes e direcionando esforços para a reestruturação de todos os equipamentos, com foco na humanização e melhoria do atendimento.

Uma das ações tomadas pelo gestor, que reforça o compromisso com a população foi a reabertura do Hospital CEMEPI que estava há 4 anos fechado, e diante da importância da unidade ele fez uma completa requalificação e ampliação e hoje o Hospital já registra um número superior a 25.611 consultas gratuitas, bem como 121.841 procedimentos. Além disso, o CEMEPI oferta serviços de imagem, a exemplo de radiologia e ultrassom, fisioterapia e um espaço anexo para a realização de exames laboratoriais pelo SUS.

O prefeito espera que a Santa Casa apure a situação com celeridade e rigor. “Entrei em contato com a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna e espero que a situação seja devidamente investigada e que medidas sejam tomadas para garantir que essas famílias e outras não sejam submetidas a tratamentos semelhantes no futuro. A saúde é um direito fundamental e todos merecem ser tratados com dignidade e respeito”, finalizou o prefeito.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn