Prefeitura municipal de itabuna

logotipo-021

Itabuna inicia ano letivo com expectativa de superar 20 mil alunos na Rede Municipal de Ensino

Cerca de 20 mil alunos voltaram às salas de aula na Rede Municipal de Ensino de Itabuna na manhã desta quinta-feira, dia 2, dando início ao ano letivo de 2023. De acordo com a Secretaria Municipal da Educação, são atendidos alunos desde a pré-escola até o Ensino Fundamental (Anos Iniciais e Finais) e no segmento da Educação de Jovens e Adultos (EJA) em 91 unidades escolares.

“Iniciamos o ano letivo com muita satisfação, depois de um longo período de muito trabalho, dedicação e esforço para entregar aos nossos alunos e colaboradores algumas escolas do município requalificadas”, destacou o secretário da Educação, Josué Brandão Júnior. Neste primeiro dia, o retorno ao espaço escolar foi marcado pelo reencontro entre crianças, pais, professores e funcionários.

Assim aconteceu, por exemplo, na Escola Municipal João Rodrigues da Silva, no Bairro Pedro Jerônimo, criada este ano pelo prefeito Augusto Castro (PSD), por meio de Decreto Municipal nº 15.308, de 8 de fevereiro. Lá, 168 alunos foram matriculados para séries do 1º ao 5º Ano do Ensino Fundamental (anos iniciais).

“Antes nossa unidade funcionava como anexo do Grupo Escolar Municipal Pedro Jerônimo. Como a procura por matrículas aumentou bastante foi criada a Escola João Rodrigues da Silva. A tendência é aumentar, ainda mais, o número de alunos”, contou orgulhosa a diretora Selma Regina Rosário.

Bem perto dali funciona a Escola Municipal Margarida Pereira, no Bairro Maria Pinheiro. Com 429 alunos matriculados, nos turnos matutino e vespertino,  lá são oferecidas séries do Ensino Fundamental (anos finais do 6º ao 9º ano).

O primeiro dia de aula foi marcado por atividades recreativas com os alunos, seguido de planejamento de aulas dos professores. “O dia foi bem leve e divertido para todos”, comentou
a vice-diretora Gicélia Costa.

INCIDENTE

Nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, dia 2, houve um incidente na Escola Municipal Professor Everaldo Cardoso, no Bairro São Caetano. A estrutura do telhado de madeira de uma das salas desabou, sem causar vítimas.

Imediatamente, o secretário municipal da Educação, Josué Brandão Júnior, acionou engenheiros e técnicos da Coordenadoria da Defesa Civil e engenheiros do Setor de Infraestrutura da Secretaria para isolar a escola. O 4º Grupamento  de Bombeiros Militares, o Departamento de Polícia Técnica da Polícia Civil investigam as causas do incidente e vão emitir laudo pericial. A ação também foi acompanhada por engenheiros da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Urbanismo (SIURB)

O secretário esclarece que a escola passou por obras de reforma, concluída em junho de 2022, depois que a Prefeitura realizou processo licitatório para as obras de requalificação das unidades escolares da Rede Municipal de Ensino.

“Vamos notificar oficialmente  a empresa responsável pelas obras e também avaliar junto com a Defesa Civil e Corpo de Bombeiros qual o comprometimento das demais estruturas da escola. Enquanto isso, a unidade permanecerá interditada. Também estamos avaliando qual a solução para a volta às aulas dos 532 alunos desta escola”, informou Junior Brandão.

 

Legenda: Alunos da Rede Municipal de Ensino volta às aulas. Fotos Pedro Augusto.

Legendas: 2. Mobilizou novo nas unidades escolares. 3. e 4. Engenheiros da Defesa Civil e a secretária Sonia Fontes vistoriaram Escola Municipal Professor Everaldo Cardoso. Fotos: Pedro Augusto.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn