Prefeitura municipal de itabuna

logotipo-021

Hospital de Base de Itabuna implementa Projeto de Gestão Visual

 

A coordenação do Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães deu início neste mês ao Projeto de Gestão Visua, em parceria com os Núcleos de Ensino Permanente em Saúde (NEPS) e de Segurança do Paciente (NSP).

A gestão visual foi implementada nos Centros de Terapia Intensiva (CTIs) I e II e o Centro Cirúrgico da unidade hospitalar com o objetivo de reduzir as infecções hospitalares.

“A ideia é deixar os problemas evidentes e de forma clara, para que a tomada de decisão seja rápida na busca de uma solução”, comentou a enfermeira Talita Ramos, coordenadora do SCIH e responsável pelo projeto.

Segundo ela, a propost, é inserir no quadro as metas mensais a serem alcançadas em cada setor, bem como os indicadores, de forma que fiquem visíveis.

O diretor técnico-médico da unidade hospitalar Paulo Medauar destacou a importância da Gestão Visual. “É uma iniciativa muito produtiva, principalmente, porque visa preservar a segurança do paciente, o que é muito importante na medicina humanizada”, declarou.

A gestão visual foi desenvolvida pelo sistema Toyota de produção, na década de 40, a fim de facilitar o entendimento na produção dos serviços, tanto na indústria, quanto na área da saúde.

A metodologia utiliza-se de quadros, ilustrações, gráficos e cores para facilitar o entendimento de determinado processo e visa induzir a uma rápida tomada de decisão por parte dos colaboradores.

O Hospital de Base, instituição administrada pela Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI), tem buscad estar sempre em dia com as normas da vigilância sanitária, através da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) para evitar e controlar o risco de infecção hospitalar na unidade.

Legenda: Enfermeiras Talita Ramos, coord do SCIH e Alane Souza, coord de enf do CTI II. Foto: Ascom

Legenda: Paulo Reis, médico coord do CTI II, Fabiana Souza, coord do NEPS, Talita Ramos e Fernando Romero, médico infectologista. Foto: Ascom

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn