Prefeitura municipal de itabuna

logotipo-021

Justiça faz ordenamento de bloqueio de quase R$9 milhões das contas da Prefeitura de Itabuna em decorrência de precatórios por más gestões anteriores e salários de abril podem sofrer atraso

Ação judicial pode comprometer pagamento de salários de servidores, fornecedores e projetos em andamento

A Prefeitura de Itabuna foi surpreendida na quarta-feira passada, dia 19, com ordem judicial de bloqueio de R$ 8,8 milhões (precatórios) nas suas contas, decorrente de más gestões anteriores. A gestão do prefeito Augusto Castro sofrerá duramente com a medida, pois poderá ter impacto no pagamento dos servidores e fornecedores que vinham sendo pagos em dia nos últimos 27 meses.

O prefeito Augusto Castro tem se mostrado, ao longo do mandato, comprometido com a melhoria da cidade de Itabuna e com a valorização do servidor. Apesar da situação delicada em que ele recebeu a prefeitura com mais de R$80 milhões em débitos, as contas do exercício de 2021 foram aprovadas pelo TCM-BA. Ele também conseguiu negociar dívidas e obter em novembro do ano passado na sua capacidade de pagamento classificação B na Secretaria do Tesouro Nacional do Ministério da Fazenda.

Além disso, em decorrência de medidas administrativas e financeiras da atual gestão, Augusto Castro tem demonstrado competência, planejamento e compromisso com a população e vem trabalhando duramente e colocando a cidade no cenário positivo.

O prefeito Augusto Castro tem se reunido com a secretaria da Fazenda e Orçamento e estão demandado esforços em busca da resolução do problema causado pelo sequestro das contas para que sejam minimizados os danos e que a cidade continue em um cenário positivo, honrando os compromissos econômicos e financeiros.

 

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn