Prefeitura municipal de itabuna

logotipo-021

Guarda Civil Municipal retira animais de grande porte das ruas de Itabuna

Além de coibir maus-tratos aos animais domésticos, o Grupamento Ostensivo de Proteção Ambiental (GOPA), da Guarda Civil Municipal, está retirando animais de grande porte das ruas de Itabuna, entre eles, cavalos e vacas. A ação de fiscalização é intensa, mas necessita da cooperação da população por meio de denúncias por meio dos canais da GCM: 153 ou mensagem para o WhatsApp (73) 98137-0847.

O trabalho se intensificou depois da circulação de um vídeo nas redes sociais mostrando cavalos soltos na Avenida Princesa Isabel, o que aumentou a preocupação do comando da GCM, com o risco de acidentes. Somente este ano, 10 pessoas foram encaminhadas à delegacia por maus-tratos a animais.

O coordenador do GOPA, inspetor Valdir Santos, informou que na segunda-feira, dia 12, recebeu denúncia pelo 153 de que nove vacas e cinco bezerros pastavam nos canteiros do viaduto Fernando Gomes, de acesso ao Hospital de Base. Uma guarnição foi enviada ao local, tendo orientado o dono dos animais a recolhê-los.

“Ele disse que há muito tempo ficava ali e por lhe faltar pasto para colocar a vacaria. Nesse caso, recolhemos os animais e levamos para a área onde ele mora no Jardim Grapiúna. Além disso, orientamos que alugue pasto”, disse Valdir Santos.
O inspetor afirmou que animais recolhidos em situação de abandono são levados para um pasto, em Ferradas, onde fica sob os cuidados de tratador contratado pela Prefeitura de Itabuna até que o responsável apareça e pague eventuais danos causados a terceiros.

“Para retirar o bicho, o dono precisa ir até a Secretaria de Agricultura Meio Ambiente e pagar a notificação. Nosso trabalho é educativo e de fiscalização”, esclarece o coordenador do GOPA, que realça a importância da cooperação das pessoas pelos canais de atendimento da GCM.

Animais são encontrados com mais frequência no final da Avenida Amélia Amado, nos bairros Lomanto Júnior, Pedro Jerônimo e São Judas Tadeu e Avenida Manoel Chaves. “Estamos buscando uma integração maior com a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente para que os donos sejam orientados sobre ocorrências envolvendo animais”, disse.

O Grupamento Ostensivo de Proteção Ambiental (GOPA), da Guarda Civil Municipal, foi criado há pouco mais de um ano na administração do prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD). Visa coibir crimes ambientais, maus-tratos a animais, fiscalizações e suporte ao trabalho dos agentes da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente (SEAGRIMA).

O coordenador Waldir Santos faz questão de esclarecer que não é responsabilidade do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) retirar animais das ruas. “O Zoonoses trata animais doentes ou causadores de doenças que ponham em risco a saúde da população”, explicou.

 

Legenda: Canteiros do viaduto Fernando Gomes, de acesso ao Hospital de Base, sem animais pastejando – Fotos Ascom

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn