Prefeitura municipal de itabuna

logotipo-021

Prefeitura de Itabuna presta assistência a famílias desabrigadas pelas chuvas e enchente do Rio Cachoeira

A Prefeitura de Itabuna mobilizou as secretarias municipais para atender 76 pessoas desabrigadas  pelas recentes chuvas que alcançaram cerca de 200 milímetros nesta semana e enchente do Rio Cachoeira, cujo nível alcançou nove metros em algumas áreas da zona oeste da cidade, a exemplo da Rua da Bananeira, Rua de Palha (Bairro Maria Matos) e beira-rio do Nova Itabuna e Ferradas e no São Roque, na zona norte.

O mutirão para assistência é coordenado pelo prefeito Augusto Castro (PSD) e a primeira-dama Andrea Castro e envolve a liberação de refeições, lanches, água mineral, colchões e cobertores. Segundo o secretário da Promoção Social e Combate à Pobreza, Josué Brandão Júnior, os desabrigados foram temporariamente abrigados em quatro escolas da Rede Municipal de Ensino: Brasília Baraúna, no São Roque, Creche Raimundo Jerônimo Machado, no Nova Itabuna, Leonor Pacheco, no Maria Matos, e Lourival Oliveira Soares no Bairro de Ferradas.

A mobilização iniciou na noite de sábado, quando as águas do Rio Cachoeira alagaram algumas ruas, e entrou pela madrugada. Em seu gabinete, o prefeito Augusto Castro promoveu um encontro com os secretários municipais e a Coordenadoria da Defesa Civil para que a ação emergencial de socorro às vítimas fosse coordenada. “Neste momento, a segurança e o bem-estar de cada cidadão são as prioridades do momento”, declarou o Chefe do Executivo itabunense.

“Quero assegurar a todos que a Prefeitura está totalmente mobilizada e preparada para agir de maneira imediata em resposta a possíveis eventualidades. Nossas equipes estão monitorando constantemente as condições climáticas e prontas para realizar todas as ações necessárias para garantir a segurança de cada família nas áreas de risco”, acrescentou.

O Departamento de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde mobilizou equipe de enfermeiros, técnicos de enfermagem, médicos e farmacêuticos para prestar atendimento às famílias desabrigadas e desalojadas. Além da distribuição de medicamentos, também houve a aplicação de vacinas, curativos, consultas médicas e de enfermagem. A assistência aconteceu no sábado nas unidades de saúde de áreas afetadas enquanto as visitas nas escolas onde as vítimas das intempéries estão abrigadas, de acordo com a diretora Jaimeire Pessoa.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), as condições climáticas continuam sob alerta laranja, iniciado neste domingo. A previsão para até as 10 horas de amanhã é de chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos (60-100 km/h). Risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

As chuvas volumosas em diversos estados do Brasil nos próximos dias e nas áreas do centro-sul da Bahia são resultantes da atuação da segunda Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), desde a terça-feira passada. A Coordenadoria da Defesa Civil tem publicado em suas redes sociais dados atualizados sobre precipitação: @defesacivilitabuna.

 

Legenda: Prefeitura de Itabuna presta assistência a famílias desabrigadas pelas chuvas e enchente do Rio Cachoeira – Fotos Ascom

 

 

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn