Prefeitura municipal de itabuna

logotipo-021

43ª Lavagem do Beco do Fuxico trouxe alegrias e lucros aos ambulantes de Itabuna

O primeiro fim de semana de março ficará marcado no calendário de eventos oficiais de Itabuna devido à realização da 43ª Lavagem do Beco do Fuxico que levou uma multidão para as avenidas Duque de Caxias e Cinquentenário e à Travessa Adolfo Leite, o beco. A festa não trouxe apenas atrações musicais com sua variedade de sons, cores e ritmos que fizeram o chão balançar, mas lucros aos ambulantes.

Além da alegria, descontração e muita animação entre foliões que não arredaram o pé enquanto a última música foi tocada, trouxe ainda mais lucro e satisfação para aqueles que apostaram na venda de comidas e bebidas variadas em cada canto do circuito da festa carnavalesca tradicional da cidade.

A Secretaria da Indústria, Comércio, Emprego e Renda (SICER), juntamente com as secretarias de Segurança e Ordem Pública (SESOP) e de Transportes e Trânsito (SETTRAN), preparou toda a infraestrutura e organização para as barracas de bebidas e comidas que funcionaram no circuito da festa entre a Praça Adami e Avenida do Cinquentenário sem prejudicar blocos e agremiações que desfilaram.

Foram muitos os ambulantes que comercializavam bebidas de todos os tipos, cores, e sabores desde os clássicos cervejas e refrigerantes, até os coquetéis tropicais mais exóticos. Dono de uma barraca de capeta, e um largo sorriso, Jailson Santos, por exemplo, se disse satisfeito com o movimento da primeira noite e adiantou que precisaria reforçar o estoque para o dia seguinte.

“As pessoas gostam de se divertir e num momento de descontração e alegria não poderia faltar bebidas”, comemorou a vendedora de cerveja Ana Maria dos Santos e seu companheiro José Raimundo de Araújo, moradores do Sarinha Alcântara que se disseram felizes com o sucesso das vendas.

“O casal agradeceu ao prefeito Augusto Castro (PSD) por promover a festa que atraiu milhares de foliões. Eu acredito que muita gente também se beneficiou nesses dois dias de festa”, contou Ana Maria “No Ita Pedro também conseguimos faturar bem com a venda de cerveja”, declarou.

A Lavagem do Beco do Fuxico, promovida pela Prefeitura de Itabuna, por meio da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), começou há 46 anos com um simples encontro de amigos que bebiam, conversavam e faziam resenhas nos bares e barbearias da Travessa Adolfo Leite, no centro da cidade, onde ainda reina o ABC da Noite, do lendário Caboclo Alencar, com suas incríveis batidas.

De lá pra cá, a festa ganhou vida e se transformou no que é hoje uma das mais alegres, animadas e concorridas festas no interior da Bahia, como destacou o presidente da FICC, Aldo Rebouças, que reforçou a importância do evento que se transformou em patrimônio imaterial e cultural depois de lei sancionada pelo prefeito Augusto Castro (PSD).

 

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn