Prefeitura municipal de itabuna

logotipo-021

Médico emergencista do SAMU-192 de Itabuna atua no socorro a desabrigados do Rio Grande do Sul

A Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, cedeu o médico emergencista do SAMU-192, doutor Walbert Alcoforado da Silveira para integrar a força-tarefa baiana que presta socorro médico emergencial às milhares de famílias desabrigadas e desalojadas no Rio Grande do Sul. A medida atende à solicitação do Governo da Bahia diante da especialização do profissional como aeromédico.

O doutor Walbert integra a força-tarefa com o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia na ajuda humanitária. Como aeromédico ele está credenciado a prestar assistência no traslado de pacientes em aeronaves e é especialista em urgência e emergência. Atualmente está atendendo em Bento Gonçalves e Caxias do Sul, as duas cidades mais atingidas pelas enchentes.

O profissional médico do SAMU-192 tem reconhecida experiência em ajuda humanitária, pois, já atuou em missões de desastres e catástrofes no Brasil, desde 2011. Já integrou equipes de ajuda aos povos Ianomâmis, em Manaus (AM), e no Triângulo Mineiro, na pandemia da Covid-19, alagamento no Acre e nas cidades de Itamaraju e Itabuna nas enchentes de 2021, no Sul da Bahia.

DONATIVOS
Por determinação do prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), e da Primeira-dama Andrea Castro, a Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza está recolhendo gêneros alimentícios não-perecíveis, cobertores, água, produtos de limpeza e higiene, toalhas e roupas de todos os tipos e tamanhos, com a identificação do gênero (masculino e feminino).

As doações podem ser entregues embaladas em caixas de papelão ou sacolas plásticas vedadas na Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza, na Praça Celso Fontes Lima, no Góes Calmon, até sexta-feira, dia 10, das 8 às 16.

Em mensagem hoje, a secretária interina Luciana Seara disse que “há uma corrente de solidariedade em todo o Brasil e no mundo para socorrer e ajudar os desabrigados e desalojados da tragédia das inundações no Rio Grande do Sul”.

“No final de dezembro de 2021, Itabuna sofreu situação semelhante com os demais municípios do sul e extremo-sul da Bahia e recebemos o carinho, apoio e a ajuda de brasileiros, inclusive do Sul do País. Agora, chegou a nossa vez de integrar essa corrente humanitária para apoiar milhares de famílias gaúchas que sofrem os piores momentos de suas vidas,” acrescentou.

 

Legenda: Emergencista do SAMU-192 de Itabuna, doutor Walbert Alcoforado da Silveira em ação no Rio Grande do Sul – Fotos Ascom

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn