Prefeitura municipal de itabuna

logotipo-021

Enfermeiros do Hospital de Base participam de Atualização em Atendimento Antirrábico Humano da SESAB

Coordenadores do Pronto-Socorro, da Comissão de Feridas e do Núcleo da Vigilância Epidemiológica (NVE) do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, instituição administrada pela Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI), participaram na manhã desta quinta-feira, dia 9, do curso de Atualização em Atendimento Antirrábico Humano.

Promovido pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB), o curso foi realizado no auditório do Núcleo Regional de Saúde Sul, em Ilhéus, e teve como público-alvo: enfermeiros que atuam no atendimento antirrábico em hospitais, Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Pronto Atendimento (UPA).

Os profissionais puderam obter informações mais atualizadas sobre profilaxia pré e pós-exposição da raiva, manejo e prevenção da raiva humana transmitidas por cães, gatos, morcegos e animais silvestres, bem como administração de soros contra a raiva e tratamento da ferida ou lesão.

A raiva é uma zoonose (doença transmitida dos animais ao homem e vice-versa) por um vírus mortal tanto para o homem como para o animal. Envolve o sistema nervoso central, levando ao óbito após curta evolução.

Causada pelo vírus do gênero Lyssavirus, da família Rhabdoviridae, a transmissão da doença ocorre quando vírus da raiva existentes na saliva do animal infectado penetra no organismo através da pele ou de mucosas, por meio de mordedura, arranhadura ou lambedura.

O coordenador do NVE do HBLEM, Dino Cézar, alerta para alguns sintomas da raiva: transformação de caráter, inquietação, perturbação do sono, sonhos tenebrosos; alterações na sensibilidade, queimação, formigamento e dor no local da mordedura.
Podem ocorrer também: quadro de alucinações, acompanhado de febre; medo de correntes de ar e de água de intensidade variável e crises convulsivas periódicas.

O Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães é referência no atendimento antirrábico, possui equipe preparada para atender casos dessa natureza e dispõe de todos os tipos de soros e imunoglobulinas.

Legendas: 1. Na imagem, Kattalin Portela, Dino César e Márcia Santos, enfermeiros do HBLEM com colegas. 2. e 3. Curso Atualização em Atendimento Antirrabico Humano na SESAB – Fotos Ascom

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn