Prefeitura municipal de itabuna

logotipo-021

Prefeito Augusto Castro acompanha aulas do Projeto Aquático no Núcleo CISO

O prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), visitou na manhã desta quinta-feira, dia 16, o Projeto Aquático desenvolvido pela Prefeitura de Itabuna, através da Secretaria de Esportes e Lazer, no Centro de Integração Social (CISO), no Bairro de Fátima. Um grupo de alunos fazia aulas de hidroginástica quando ele chegou e interagiu.

O prefeito destacou a importância da criação de projetos e políticas públicas como o Projeto Aquático para promover mais saúde e qualidade de vida e acessibilidade para a população itabunense, em especial as pessoas da terceira idade, jovens, pessoas com deficiência e em vulnerabilidade social.

“Hoje eu pude compartilhar esse momento de alegria com mais de 600 alunos, pessoas e mulheres da terceira idade. Através da Secretaria de Esportes e Lazer, a prefeitura banca esse Projeto Aquático. Isso é vida, acessibilidade. Além disso, esse projeto ajuda na fisioterapia de muitas pessoas para a recuperação de pessoas que precisam de um trabalho contínuo. A Prefeitura, em primeiro lugar, trabalha pela socialização e inclusão social” afirmou Augusto Castro.

Praticamente extinto pelas gestões anteriores, o Projeto Aquático foi retomado em 2021 pelo secretário José Alcântara Pellegrini com nova estrutura e uma equipe com vontade de trabalhar e acolher pessoas. Com isso, atualmente o Projeto Aquático aumentou a qualidade das aulas, as especialidades e a quantidade de pessoas que participam das aulas de hidroginástica e natação.

Neste ano, por exemplo, estão matriculados e participando regularmente das aulas no Núcleo do CISO mais de 1,2 mil alunos. As aulas de hidroginástica e natação acontecem de terça à sexta-feira, divididas em 34 turmas sob a coordenação Jacqueline Oliveira.

A coordenadora do Projeto Aquático no Núcleo do CISO destacou que o projeto é totalmente gratuito e abrange diversos bairros da cidade, pois, além de avivar atividade física, promove a socialização, funciona como terapia e acima de tudo, auxilia nos casos de pessoas que precisam de fisioterapia com atividade contínua.

“A gente inclui saúde na vida das pessoas e isso é maravilhoso! Nós estamos aqui de braços abertos para a comunidade e podemos atender pessoas de vários bairros da cidade. Sentir a alegria delas no dia a dia é muito gratificante”, disse.

O Projeto Aquático também funciona na Vila Olímpica Professor Everaldo Cardoso, no São Caetano, onde são atendidos cerca de mil alunos, divididos em 18 turmas sob a coordenação da professora e educadora física Nilza Campos. De acordo com ela, o projeto gera inclusão social para crianças e adolescentes portadoras de Transtorno do Espectro Autista (TEA), Transtorno de Déficit de Atenção Hiperativa (TDAH) e Síndrome de Down, aos alunos matriculados nas aulas.

Podem participar das aulas pessoas de todas as idades, sendo que crianças podem ser inscritas a partir de três anos de idade e para natação e hidroginástica a partir de 16 anos.

Ambos os projetos contam com o quadro de professores e apoio de estagiários voluntários, que são discentes de cursos de Educação Física de Faculdades de Itabuna, coordenados pelo professor Maurício Leandro.

Legenda: Prefeito de Itabuna, Augusto Castro, visitou Projeto Aquático desenvolvido pela Prefeitura no Núcleo do CISO. Fotos: Hélio Fonseca

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn